(Vídeo) O oitavo passo: Prosperar

Chegamos ao final/começo do método. Isso porque você deve encarar a prosperidade como uma infinidade de ciclos na sua vida. Então, vamos recapitular: a primeira coisa a se fazer é definir conceitos para que você não perca sua energia buscando significados que são sempre polêmicos para todos: sorte, destino, trabalho, dinheiro.

perfilgiordano
Giordano de Souza Autor “Gosto de ganhar tempo. Então, vamos aprender cada dia um pouquinho mais.” O EconoGuia é um espaço aberto para o servir. Se quiser currículo, só perguntar!

Segundo, consolidar os conceitos polêmicos na prática. Se você é daqueles que espera as oportunidades e não se esforça para colocar seus pontos fortes na pauta do seu dia, você não vai conseguir perceber qual é o combustível que move sua energia de ação ou inação.

Terceiro, repita constantemente para si e para todos à sua volta tudo aquilo que é realmente importante pra você. Chegando aqui, você não pode mais se contradizer com conceitos como, por exemplo: ostentação, inveja, lamentações destrutivas, críticas e autocríticas. É importante que seu nível de clareza com suas prioridades esteja impoluto de conceitos que sempre atrapalham.

Quarto, você deu um jeito e aprendeu a priorizar. Portanto, você já sabe se organizar, já tem noção exata do tempo que você tem a disposição para buscar novas soluções para velhos problemas. É importante não esquecer: problemas nunca vão te deixar. Eles sempre dão um jeito de aparecer quando você menos espera. A diferença é que você aprendeu a lidar com seu tempo. Aprendeu a solidificar e a cristalizar conceitos. Aprendeu que é preciso instalar atualizações constantes. Mas aqui, é a etapa de saber muito bem quais são as atualizações e os pluggins que você quer rodar na sua máquina.

Quinto, ser a metamorfose constante que você se propôs a ser. Projetar a si mesmo e os seus desejos de maneira plenamente organizada e determinada. Essa é a etapa mais importante da execução do ciclo.

Sexto, só estamos aptos a planejar eficazmente, sem perda de tempo, quando nossas projeções estão colocadas a prova. Não adianta planejar muita coisa quando não balizamos nossas projeções. Qualquer que seja o projeto é preciso que estejamos conscientes que aquela frase: “nem tudo sai como planejado” tenha sempre seu efeito minimizado. Que isso seja um objetivo e que nossas metas visem essa conquista.

O que fazer com as conquistas?

Sétimo, então chega a hora de preservar. Manter aquilo que foi conquistado. Seja um novo hábito que conseguimos interiorizar, seja uma conquista material. Está preparado para não falhar novamente? Não cometer velhos erros? Nossa capacidade de preservar o que conseguimos é posta a prova constantemente. Imprevistos e surpresinhas estão sempre nos cercando para comprovar nossa capacidade de manter a dinâmica do ciclo funcionando.

Sabe preservar? Suas mudanças, seus novos hábitos e suas conquistas. Então o oitavo e último passo é de fato a síntese de tudo que você já fez.

Prosperar pode ser um hábito na sua vida, assim como qualquer outro. A grande questão é você estar preparado para isso. Até o conceito dessa palavra que soa tão bem aos nossos ouvidos como algo extremamente positivo é algo que precisa ser solidificado no nosso mapa mental. É um ciclo ou processo. É um comportamento ou uma atitude. É você saber que pode sempre escolher e trabalhar para isso de maneira constante.

Vamos repetir tudo?

Related posts

Leave a Comment